Fotógrafos em busca de [novas] redes | #Comunidade

O Instagram anunciou que o foco de sua rede será cada vez mais os vídeos – para concorrer com a gigante do TikTok. Além disso, as redes sociais – especialmente as de Zuckerberg – estão arquitetadas pelos algoritmos e suas intenções – afinal, ele é o dono do controle. Questão que tem impacto para fotógrafos – e também para as marcas.

Com a declaração oficial da nova sintonia, a rede social não é mais uma rede de fotografia – criativos, arte e afins – e, sim de entretenimento. Isto é, de certa forma não vai atender diretamente a priorização de divulgação das fotos. E agora, fotógrafos ficarão deslocados, sem rede? Ou o Twitter pode ser uma opção? Bem, caso você seja dependente disso, sim – mas já dou um toque sobre isso.

A “Tiktoktização das redes sociais”, como escreveu Thais Monteiro, abrange toda a teia e também é impulsionada pelos próprios usuários – novas gerações e novas relações com a produção de conteúdo. Algo que vem acontecendo naturalmente ou “algoritmicamente” pensado. Não se esqueça, trata-se de business!

De forma geral, caso você fotografe, mas não aposta nos vídeos é hora de começar. Pelo menos é a sugestão da galera especialista no assunto.

Considere isso: em um post anterior como tom de filosofia e ponderações da coisa pós-fotografia, raspei nesse contexto de prelúdio do fim. Fique dito algo sobre essa mudanças de funcionalidade; entretanto, não é o foco aqui. Essa coisa das redes, das comunidades, é o sinal de um fenômeno maior.

Uma novo canal

Mas e agora, onde poderemos publicar nossas imagens? Com a pouco – ou quase nenhuma entrega – lembre-se os algoritmos não têm coração, não sentem por sua criação e esforço – chegou a hora de garimpar outras redes sociais. Claro, não é o fim do fim, mas é bom ter alternativas.

Venho observando que fotógrafos já estão arriscando postagens em redes alternativas – até mesmo no LinkeDin, Vero e especialmente Twitter. De forma modesta, ainda sendo construída. O blog é uma alternativa ainda resistindo, porém em uma perspectiva não tão pulverizante (minha impressão).

Fiz um puxadinho lá no Twitter. Visite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s