Do Arquivo | O cara do vestido vermelho

Em 2017 ministrei alguns workshops, entre eles um de streetphotography em parceria com o fotógrafo Henry Milleo. A primeira parte ocorria no período da manhã com um potente aula teórica, bem reforçada com revisão de algumas teorias, apresentação da(s) linguagem(ens) da fotografia de rua e, por fim, algumas dicas que desenvolvi ao longo do tempo trabalhando na rua como fotojornalista.

Sugestões compreendendo fotometria, postura na rua ou mesmo abordagem para obter retratos de desconhecidos. Aliás, esse último uma pedra no sapato da galera mais iniciante ou mais tímida.

Na rua, expliquei que não dá para perder o retrato de um cara usando um vestido (ou camisola, acho) vermelho. Agora não recordo o porquê do brother estar de vestidinho, acho que era uma perfomance, um ação beneficente, algo assim. A foto rolou fácil. Sem melindres.

Fora da sua verdadeira natureza; isto é, de uma ação, de uma teatralidade, a imagem poderia falar sobre a questão do machismo, masculinade frágil ou até mesmo acerca da reação das pessoas diante de um rapaz vestido assim. Aliás, fiquei sabendo ontem que o vermelho poderoso voltou com tudo.

Você faria um workshop de streetphoto?

A ideia é retomar as atividades com os workshops, especialmente os ligados a Projeto Fotográfico, Streephotography e mobilephoto. Aguarde novidades!

Qual você faria?

Dentre os três citados: Streetphoto / Projeto fotográfico / mobilephoto, qual deles você acha mais válido para ministrar no momento? Você participaria de versão online?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s