Aspas | A elasticidade das imagens

Hoje, com um celular, todo mundo tira fotos o tempo inteiro: da mulher, do bebê, dos pais, do que se vai comer no restaurante, do pôr do sol na praia… A questão é: são mesmo fotografias? Temos o impulso de classificá-las na categoria das “fotografias/rastros da vida” como nos álbuns de antes. Mas fazemos tantas que os álbuns deixaram de existir, assim como o suporte. Philippe Dubois

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s