As flores vencem

Texto e fotos: André Rodrigues


O caminho estava livre para os professores. A Avenida Cândido de Abreu, não oferecia resistência aos educadores que caminhavam rumo ao Centro Cívico, em Curitiba – local do fatídico confronto do dia 29/05/2015 – “Batalha do Centro Cívico”. Em frente à Alep e Palácio do Governo realizaram um ato (também em outros Estados) em repúdio à violência e em prol da democracia.

Desta vez não houve tiros, nem gás, nem balas de borracha; apenas gestos simbólicos de luto e dor. Uma manifestação cheia de simbolismo, com cartazes, muitas flores e algumas lágrimas. E um pedido: “menos balas. Mais giz”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s