Iluminados

ILUMINADOS (7)

O duelo entre luz e sombra que se esgueira por prédios e ruas revela a cidade. Aliás, revela o homem inserido na cidade com suas rotinas. Uma interação que acontece em cenários arrebatadores e quase de forma icônica. E neste conglomerado, no qual já acostumamos nosso olhar, a simbiose entre luz e sombra revela o extraordinário disfarçado no cotidiano.

São personagens comuns. Tais como o senhor que espera o ônibus numa aventura solitária, o fim de um dia de trabalho ou outros mais fellinianos como o rapaz com “cabeça de cavalo” que anda tranquilamente pela rua numa espécie de universo paralelo que só a literatura poderia contar – ou a fotografia mostrar.

A metrópole é um ambiente no qual muitas vezes não enxergamos a beleza do comum. Mas, durante alguns raros instantes, num exercício de percepção, a luz modifica o ordinário em alguma outra coisa menos domesticada e mais provocadora. Tudo isso está lá, basta ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s